sexta-feira, 28 de maio de 2010

Foi em uma noite onde a lua brilhava e o céu estava limpo sem estrelas, normalmente numa noite dessas onde a brisa é leve gosto de ficar sentada no chão olhando para o céu e nessa noite estava carregando minha mochila eu não sei porque mas ela estava ali do meu lado não sei explicar mas senti uma vontade imensa de abri-la e procurar algo..algo que eu não sabia o que era. De imediato peguei um caderno cor de rosa com desenhos na capa eu usará ele ano passado, fui passando as páginas dele, era tudo rabiscado de vez enquando aparecia coisas de alguma materia escolar outras vezes besteiras que eu escrevia durante a aula ai achei algo.. fiquei muito surpresa porque pra mim eu ja havia jogado aquilo fora pórem ele estava ali, fui ler-lo mesmo sabendo exatamente o que estava escrito la. Primeiro admirei como minha letra estava linda acho que naquele dia eu estava realmente inspirada como era lindo o que eu tinha escrito realmente era lindo era uma coisa de alguém muito apaixonada, na folha falava sobre amor, saudade.. mas quando foi chegando pro meio ela falava de dor, parei de ler! fiquei assutada de como alguém poderia ter tanto amor no coração e sentir dor ao mesmo tempo ? e o pior esse alguém era eu, eu sabia o que estava escrito la mas não me recordava de eu ter escrito sobre dor, li novamente a parte que falava sobre dor pra tentar achar algum indício de que alguém mecherá ali e colocado coisas que eu não havio escrito mas aquela letra era minha, minha msmo não tinha como alguém ter feito uma copia tão perfeita então me lembrei de que eu tinha escrito aquilo mesmo. Continuei lendo temendo ter escrito coisas que talvez fizesse eu ficar mal, la falava sobre o quanto eu amava alguém e como alguém era cruel comigo, mentia pra mim; continuei lendo e minha letra foi ficando mais feia parecia que eu tinha pressa de acabar logo de escrever aquilo havia também muitos erros de ortografia prossegui a leitura ai achei uma mancha encima de uma letra parecia que eu havia derramado água la.. mas era apenas uma manchinha pequena então me lembrei que eu havia chorado e tinha deixado cair uma lágrima na folha. Fiquei triste não quis mais ler comecei a chorar, havia me lembrado pra quem eu tinha escrito, fiquei com muita raiva de mim porque estava chorando ? se eu mesma ja tinha me esquecido dele, de que eu não o amava mais mas foi quando eu percebi que o que eu sentia por ele não tinha ido embora so tinha adormecido e ao ler aquela folha ele havia despertado, ele não merecia meu amor não merecia nada de mim mas mesmo assim eu senti de novo. Peguei a folha de novo fui ler o final e nele dizia " Se um dia você quiser me procurar pra conversar eu estarei pronta pra recebe-lo se estiver disposto a me amar um dia eu terei ainda muito amor pra te dar, porque o que sinto por você não vai embora.. não vai morrer, vai apenas adormecer, e não me precisa me dar tudo porque eu não preciso de tudo so preciso de você. eu sou apaixonada por ti, eu te amo."
Uma lágrima sem querer desceu sobre a minha face dei um sorriso torto, olhei para o céu outra vez , não me sentia mais triste, senti esperança me senti alegre. dobrei a folha deixei ela no chão levantei peguei minha mochila olhei pro meu pulso onde há uma cicatriz lembrei dele franzi meus lambios fecheu meus olhos e susurrei "sinto sua falta".

3 comentários:

  1. Nossa ' que lindoo
    *_____*
    Li três vezes até .

    ResponderExcluir
  2. caraca '
    que lindo gabi *.*
    choorei ç.ç

    ResponderExcluir
  3. eh como me deixa triste ver tanto amor ter sidow disperdiçadow...

    ResponderExcluir